segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

O Chile... Santiago - Dia 2 (Parte 2)

No retorno ao nosso hotel pegamos um pouco de chuva... afinal, queriamos aproveitar ao máximo os preços de alguns vinhos que encontramos em uma promoção de um supermercado. Isso mesmo, no Chile é possível comprar ótimo vinhos em supermercados, e a preço de banana! Não banana era mais caro... Chegamos a pagar 2800 pesos chilenos em um maravilhoso vinho Ventisquero! O problema carregar 12 garrafas de vinho do metrô até o hotel... e depois embalar tudo isso para trazer para o Brasil! Mas valeu a pena... estamos aproveitando nossas compras até hoje.
Bom, como estavamos cansados fizemos um passeio ligth para terminar o dia... Fomos até o Shopping Parque Arauco onde podemos viver um pouco da vida da classe média chilena! O shopping é uma delícia, com algumas partes fechadas, mas com uma praça super bonita, ao ar livre. As lojas de departamento com a Falabella tem preços maravilhosos... Hugo Boss, Nike, entre outras marcas famosas com preços muito mais atrativos que no Brasil.



Neste shopping descobrimos uma loja super legal para quem gosta de decoração e coisinhas fofas para casa. Casa & Ideas é um paraiso de coisas descoladas, úteis ou inúteis, mas sem dúvidas divertidas. Compramos uma meia que tem desenhado na sola os pontos de reflexiologia que devem ser presionados durante a massagem, muito lega!


Para terminar jantamos em um restaurante maravilhoso no próprio shopping, Santabrasa . Mas era restaurante mesmo, nada de praça de alimentação. Para começar provamos as famosas empanadas, só que em uma versão diferente, friitas e não assadas. O recheio era de piña, uma espécie de carne moída ou de salmão. Como prato principal comemos a verdadeira parilla chilena, com cortes de carne especiais... os acompanhamentos deixaram a desejar. Não tinha uma maionese caseira ou uma farofinha cheia de bacon para acompanhar. Só um arroz bem sem graça! Mas a crane, essa sim valeu o prato, acompanhada de um bom vinho então!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou? Tem uma história sobre o assunto? Comente aqui: