domingo, 30 de maio de 2010

Entre o centro de LA e Santa Mônica de carro. O trânsito não vale a pena!

Resolvemos pegar o carro que alugamos um dias antes para fazer uns passeios mais longes que tem na grande Los Angeles.



Começamos com uma visita ao Museu de História Natural pois o Wilson queria ver os esqueletos dos dinossauros que tem lá, mas acabamos achando muito mais legal o esqueleto de uma baleia branca que era tão grande que ocupava uma ala inteira do museu. Além disso vimos uma exposição imensa de pássaros e muitos animasioo


Depois fomos até Santa Mônica, uma cidade pequena, a beira do Pacífico imortalizada em diversos filmes gravados em seu pier e no parque de diversões das antigasque fica na ponta dele. Chegamos na cidade tentando pegar o tour que iria até a casa das estrelas de Hollywood. Como era mais distante do que imaginamos e o trânsito era infernal deixamos esse tour de lado e fomos explorar a cidade à pé... Caminhamos na beira mar, alugamos uma bicicleta daquela que os dois pedalam e fomos até Venice Beach, o balneário ao lado, famoso pelo Hippies e alternativos que encontraram alí o seu recanto. Voltamos ao pier que é famoso também por ser o final da Route 66, aquela estrada que corta os EUA, começando em Chicago e terminando alí, bem no pier.

De lá retornamos para Los Angeles, para o tour na Warner Bros. e mais uma vez fomos derotados pelo trânsito colossal da cidade. Chegamos no endereço indicado no GPS às 16 horas, mas lá não era o local correto. O local correto era aquele endereço, mas do outro lado da freeway, em outro município. Então ai vai uma dica valiosa, sempre que for colocar um enderço no GPS, tenha certeza que esta colocando a cidade correta, principalmente nas grandes regiões metropolitanas, onde ninguem sabe onde começa uma cidade e acaba a outra. Assim, perdemos o segundo passeio do dia... o que acabou não sendo nada ruim, pois estavamos na entrada do Griffin Park, um lugar bem banaca para terminar a tarde, alugamos novamente bicicletas e fomos passear pelo parque que tem uma área para andar a cavalo, campo de baseball, de golf e até o zoológico da cidade fica ali... depois de passearmos por tudo, fomos até o observatório que fica no topo do parque.

O Observatório Griffin é demais... o lugar é lindo, com uma vista sensassional da cidade, cenário de diversos filmes, inclusive As panteras. Você pode esplorar todo o prédio, ver um dos telescópios funcionando, ver a exposição de infomrações sobre os planetas, comparando a diverença entre eles e podendo até ver qual o seu peso em cada um deles. Existe um espaço para mostrar a evolução das astrofísica e de seus instrumentos, uma demostração por experimentos simples de como a terra funciona e outras curiosidades. Começamos a noite vendo uma apresentação fantástica no planetárium, onde vimos as estrelas e conhecemos suas histórias.
Terminamos a noite passeando pela cidade de Beverly Hills (para mim era um bairro, mas decobrimos que era uma cidade) o templo de tudo que é luxoso e chic... dá para ver só pela rua que foi fechada para facilitar o passeio das pessoas pelas lojas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou? Tem uma história sobre o assunto? Comente aqui: